Fawn Weaver, o fundador mais próximo, fala sobre sacudir a indústria de bebidas espirituosas de uma forma importante

Fawn Weaver, o fundador mais próximo, fala sobre sacudir a indústria de bebidas espirituosas de uma forma importante

Fawn Weaver tem revirado a indústria americana de destilados, em geral, e o uísque Tennesee, em específico, desde 2017. Weaver, um ex-investidor financeiro, entrou no jogo da destilação depois de firmar parceria com um dos mais importantes detentores de legado do mundo: The Green família . Uncle Nearest Green foi o destilador que realmente criada o famoso Jack Daniel's Whisky do Tennessee todos aqueles anos atrás. Sua engenhosidade e habilidade moldaram o gosto do uísque do Tennessee até hoje e seus descendentes se tornaram a pedra angular da indústria até a Lei Seca.



A ascensão de Weaver na indústria de destilados sempre foi em busca de defender as vozes negras, indígenas e de cor (BIPOC) e femininas. Mesmo antes de uma única garrafa de uísque Uncle Nearest bater nas prateleiras, Weaver já estava enviando os descendentes de Green para a faculdade para que pudessem perseguir seus sonhos. Depois que a marca Uncle Nearest se tornou uma realidade, seu CEO manteve tudo na família ao empregar a descendente direta de Nearest Green, Victoria Eady Butler, como Master Blender de sua marca. Ela também se certificou de que a liderança de sua empresa de uísque fosse dirigida por minorias e mulheres - algo que é muito raro.



Então vieram os prêmios, a imprensa brilhante e todos os louros que vêm com o lançamento de um dos melhores uísques do Tennessee. Foi uma história e tanto e uma jornada incrivelmente emocionante, mas Weaver estava longe de terminar. Na primavera passada, ela fez parceria com Jack Daniel's para o Iniciativa de avanço da Nearest & Jack - ajudando a educar a próxima geração de destiladores, liquidificadores e líderes de uísque. Agora, Weaver levou esse investimento um passo adiante, fundando a Fundo de risco mais próximo do tio que reservou US $ 50 milhões para apoiar marcas de destilados de minorias.

Esta semana, conversei com Weaver sobre os dois primeiros destinatários do fundo (Equiano Rum e Sorel Licor feito por Jack do Brooklyn ), e o que a motiva a mudar toda a indústria de bebidas destiladas do zero.



Relacionado: Mulheres no Whisky explicam como a indústria está evoluindo e para onde ela deve ir em seguida

Tio mais próximo

Você pode nos mostrar a evolução do Tio Mais Próximo até o que você está fazendo agora com este novo fundo de $ 50 milhões para bebidas espirituosas?

É engraçado, para mim parece uma evolução natural. Seguimos o caminho de como criamos diversidade nesta indústria que reflete a América como a conhecemos.



Então, quando eu entro em uma sala de distribuidores e cada um é um homem branco com exceção de duas mulheres brancas, então sabemos que temos um problema. Tudo que você precisa fazer é ir a alguns eventos relacionados ao setor aqui para descobrir que temos um problema de diversidade.

Mas a questão é que não estou programado para me concentrar no problema. Não tem nenhum interesse para mim. Estou preparado para me concentrar na solução. E porque estou sempre focado em soluções, uma solução leva a outra solução que leva a outra.

Começamos com o Nearest & Jack [ Daniels ] e a Escola de Destilação Verde Mais Próxima e trabalhando com o presidente do Motlow State College para tentar criar um gasoduto. Mas o problema com isso é que tudo fica mais tarde. Sabíamos que levaria alguns anos para passar pelo processo de credenciamento e isso está até mesmo pressionando o estado do Tennessee para fazê-lo. E então você tem pelo menos mais alguns anos antes de realmente ter pessoas no pipeline.

O programa de aceleração de liderança é uma espécie de versão de microondas para colocar pessoas de cor em posições de liderança porque não estamos em posições de liderança há muito tempo, e está claro que a indústria não está realmente configurada de forma adequada para elevar pessoas de cor. Você tem que colocar um pouco de gasolina no fogo para fazer isso!

Mas isso é apenas arranhar a superfície, certo?

O desafio é que colocamos todos os nossos esforços em torno de uma marca para realmente criar um modelo de sucesso no futuro. Mas então começamos a receber ligações, e-mails e contatos de todas essas outras empresas negras que - se alguém não os apoiasse logo - iriam fechar.

Começamos a ajudar cada um que alcançou, se eles já estivessem no mercado. Se eles chegarem até nós com apenas uma ideia ... não temos tempo para ideias. Podemos ajudá-los se já estiverem trabalhando. Conseguimos muitos deles para distribuição apenas utilizando nossas conexões. Com isso, conseguimos ajudar essas empresas negras. Então, eles poderiam sair e levantar capital.

No entanto, aqui está o problema de levantar capital. Na América, o problema com o levantamento de capital é que você tem todas essas empresas para as quais esses fundadores vão falar. Mas a realidade é que os investidores - e já sou um investidor há muito tempo e faço a mesma coisa - não investem realmente em produtos. Eles investem nas pessoas. Eles investem nos fundadores. Portanto, o desafio é, se um fundador não tiver uma conexão, ele estará lançando em todos os lugares e continuará ouvindo, não. E isso não é porque o produto deles não seja ótimo, mas porque não há como essa empresa de investimento validar esse fundador.

Então você realmente precisa de uma conexão. Portanto, a questão se tornou: OK, estou ajudando-os com esses planos de negócios, mas quem eles vão propor e quem vai realmente financiá-los?

Certo. Parece que, com o sucesso da Uncle Nearest, você está em posição de direcionar dinheiro para os lugares certos.

Certo. Ao mesmo tempo em que tentava descobrir a melhor forma de ajudar os fundadores negros a arrecadar dinheiro, recusava dinheiro todos os dias. Literalmente, todos os dias. Não me lembro da última vez que passou um dia em que não havia nenhum grande investidor na minha caixa de e-mail, ligando para o frio, esperando que o Tio Mais Próximo estivesse disposto a receber algum tipo de investimento.

Eu literalmente recebo DMs de investidores no meu Instagram e no Facebook. Eu pego no LinkedIn. Recebo por e-mail todos os dias. E minha resposta teve que ser reduzida para, Não, obrigado. Então, percebi que, ao mesmo tempo que estou tentando descobrir como ajudar esses caras a arrecadar dinheiro, estou recusando dinheiro todos os dias na minha própria empresa.

Então, decidi que voltaria para algumas das pessoas que recusei e diria: Ei, o tio mais próximo ainda não é um investimento viável para você porque não pretendo levantar dinheiro novamente. Terminei. Mas vou começar a criar ou ajudar a desenvolver o próximo Tio Nearests nesta indústria.

E qual é o tornassol para essa marca ser o próximo tio mais próximo?

Isso significa um crescimento realmente rápido. Tem de haver uma história de marca sobre a qual a imprensa adore falar. Não pode soar como a mesma velha história que eles têm contado nos últimos 100 anos. Você conhece a história, é algum cara branco com um campo cujo tataravô ... etc. Existem histórias que são interessantes para as pessoas neste momento que também não soam como uma regurgitação de tudo que veio no passado. Essas coisas são muito importantes.

Outro aspecto foi encontrar um fundador que não está tentando construir para virar. Não tenho interesse em ajudar as pessoas a construir apenas para vender. Se for esse o caso, acabamos no mesmo lugar de onde começamos, porque as únicas pessoas que compram são homens brancos. Todos os grandes conglomerados são propriedade de homens brancos. Então, se eu ajudar você a construir sua marca como uma pessoa de cor ou como uma mulher, e você apenas vendê-la, estamos de volta à estaca zero.

Ian Burrell

O que me atraiu nesta história foi quando ouvi que você investiu em um velho amigo meu, Ian Burrell's Rum Equiano . E aquela história que chamou sua atenção?

Ouça - é a melhor história da marca ao lado do Tio Mais Próximo. Período. Durante os movimentos poderosos que ocorreram no verão passado, onde todos nós estávamos reconhecendo que os negros foram sistematicamente oprimidos e não havia mais como fechar os olhos, houve um despertar ao mesmo tempo em todo o mundo.

E um dos nomes que não parava de surgir, no sentido de dar uma estátua quando todos esses outros estatutos caíam no exterior, era Equiano. Eu não sabia nada sobre ele. E então eu soube por Ian que ele estava saindo com um rum. Bem, Ian me impressionou desde o momento em que o conheci em um evento da Uncle Nearest em Londres e ele se descreveu como o embaixador global do rum. E eu pensei, o que isso significa? Então, quando descobri que ele amava tanto rum, que não queria representar uma única marca e, em vez disso, foi a todas as marcas e criou esta posição do nada para representar todas as marcas, eu sabia que ele era alguém especial.

Eu sabia que se ele decidisse fundar sua própria marca, seria um dos melhores rum do mundo. E eu sabia que ele seria absolutamente brilhante em seu marketing.

Como você disse, os investidores investem nas pessoas.

Eu soube imediatamente que queria ser o primeiro na fila para investir. Então, quando eu vejo a imprensa vindo em favor de Equiano, eu o procurei. Não estou brincando, ele vai confirmar isso, eu disse, quando é o seu próximo aumento? Eu quero a rodada inteira. Foi tipo, eu não quero um pedaço da rodada. Qual é o próximo? Série A? Eu quero a rodada inteira. Quando você vai fazer a série B? Eu quero a rodada inteira. Essa foi a conversa. E isso foi antes de eu conhecer a história e de Equiano. Eu simplesmente sabia que tudo o que ele iria lançar seria excelente e ao nível do tio mais próximo.

Ian também acertou em cheio na história.

Quando ele me contou esta história de Olaudah Equiano , e como ele está saindo da África e vendido como escravo para uma família em Barbados, onde ele faz este rum que é tão incrível. Depois, volta para Londres ... Então, Ian decidiu fazer seu rum pegando 80% de rum de Barbados e misturando-o com 20% de rum vindo das Ilhas Maurício, então a África o trouxe de volta para Londres para compartilhá-lo com o mundo … A ideia de que eles estavam seguindo a jornada da vida real de Equiano e sua luta não apenas por sua própria liberdade, mas pela liberdade de todos os escravos por meio da legislação e de seus escritos… Eu me arrepiava.

Ainda sinto arrepios toda vez que conto essa história. E a única outra história que me deixa arrepiada é quando conto a história do tio mais próximo.

Jack, do Brooklyn, Inc.

Adoraria falar sobre Ian o dia todo, e tenho certeza de que ele também adoraria, mas temos que falar sobre seu outro investimento principal - Jack do licor de hibisco do Brooklyn Sorel .

Jackie [Summers] fundou a primeira destilaria de propriedade de negros, pós-proibição, na América. Francamente, é difícil para nós saber se havia ou não destilarias legais de propriedade de negros antes da proibição. Quando Jackie começou em 2012, não havia outros negros na indústria e ele apanhou muito, muito mal. Isso geralmente acontece, embora seu produto seja absolutamente fenomenal. Mas ele é um cara preto careca que usa um lenço, que é forte, forte e vindo do Brooklyn. Então ele tem aquela dureza do Brooklyn. E isso não necessariamente funciona bem na sala de reuniões, onde você deve tentar arrecadar dinheiro de todos os caras brancos.

Aqui está a coisa sobre Sorel, é fenomenal. É sem dúvida o meu licor favorito, nada chega perto. Eu amo St-Germain. Eu amo Domaine de Canton. Sempre os tenho no bar da minha casa. Mas nenhum deles está abaixo da marca da metade. Passei por uma garrafa de Sorel em um fim de semana!

Eu coloquei no meu uísque. Eu coloquei no meu rum. Eu coloquei no meu champanhe. Eu pensei, há algo que não combina? Mas aqui está a parte maluca, minha maneira favorita de beber Sorel é legal. Nunca provei um licor que quisesse beber sozinho.

É um licor brilhante, com certeza.

Estelar. Além disso, sua história de fundo é incrível. Mas vou contar o que realmente me atraiu em Jackie. Jackie tem um exterior super resistente e é isso que as pessoas veem. Mas tudo que você precisa fazer é passar qualquer tempo com ele longe dos confins da indústria e ele é uma das pessoas mais bondosas e gentis que já conheci em minha vida. Percebi que sua falta de financiamento tem tudo a ver com o fato de que as pessoas simplesmente não sabiam o que fazer com ele. Acho que eles não conseguem superar o exterior duro. Depois que passei por isso, pensei, ok, vou financiar isso porque é o melhor licor do mercado, ponto final. Para mim, não há dúvida e vou tomar um Spritzer Sorel em vez de um Spritzer Aperol qualquer dia da semana e duas vezes no domingo.

Então, uma vez eu aprendi que não tinha financiamento e não estava no mercado há anos, mas ainda era falado por bartenders e espíritos até hoje - o que dizia que aquele espírito deixou uma marca indelével nesta indústria e que toda a indústria estava torcendo para que ele voltasse. Portanto, considero uma grande honra e privilégio ser capaz de fazer parte do processo de trazer isso de volta para a indústria, porque acho que foi um péssimo serviço para a indústria ter sido retirado.

Eu concordo de todo o coração. Sorel Manhattan é uma das minhas bebidas favoritas, então fiquei muito animado em saber que está voltando e animado por Jackie também. Uma última pergunta: eu sinto que seria muito fácil para você descansar sobre os louros após o sucesso de Tio Mais Próximo. Você ganhou os prêmios. Você conquistou o respeito da indústria. Você poderia ter sido tipo, Ok, eu estou bem. Vou apenas aproveitar minha vida na fazenda, aproveitar meu uísque e pronto. O que o levou a se tornar uma força motriz para algo maior e melhor na indústria de destilados?

Acho que você precisa se lembrar de como a marca surgiu para realmente entender essa história. Tio Mais Próximo nunca foi um jogo de dinheiro para mim, nunca. Ainda sou um dos funcionários de tempo integral mais mal pago da empresa e pretendo continuar assim porque é mais importante para mim o que eu ingresso do que o que tiro.

Porém, antes mesmo de a primeira garrafa de Uncle Nearest ser vendida, já estávamos colocando nossos filhos na faculdade com a Fundação Green mais próxima, pagando para que seus descendentes fossem para a faculdade. Para nós, começou realmente ajudando toda a linhagem da família Nearest Green porque seus filhos e netos eram, em sua maioria, empresários.

Na época, eles eram ricos para os negros americanos, com certeza, graças ao negócio do uísque. Então a Lei Seca chegou e, lembre-se, a Lei Seca durou dez anos a mais no Tennessee do que em qualquer outro lugar deste país. Eles foram os primeiros a entrarem antes do início da Lei Seca federal e depois foram os últimos a sair. A destilaria de Jack Daniel's esteve fechada por quase 40 anos. Essa é uma geração inteira de descendentes verdes que foram então removidos da indústria. Então, quando a próxima geração chegou, todos eles, em sua maioria, se mudaram para Nashville ou Indiana ou St. Louis e tinham vidas diferentes, carreiras diferentes. Todos eles seguiram em frente.

Ainda hoje, os três membros da família Green que estão de volta à Jack Daniel's estão todos trabalhando na engarrafadora ou depósito. Nenhum deles está no lado da destilação. Nenhum deles está na liderança. Quando conheci os descendentes de Nearest - os alunos do ensino médio e crianças em idade universitária - ficou muito claro que eles não perceberam que vieram de um legado de excelência. Eu queria trazer isso de volta para aquela família.

Então foi aí que tudo começou. É assim que construímos tudo isso. Sempre foi muito orientado para um propósito. Isso é anormal para a indústria porque a maneira como fazemos as coisas é mais como uma organização sem fins lucrativos. Não sei quando teremos lucro, porque continuamos a colocar todo o dinheiro de volta para retribuir. Mas esse é o nosso propósito desde o primeiro dia.

Acho que é por isso que realmente não temos rotatividade em nossa empresa, porque os membros da nossa equipe adoram trabalhar para a Uncle Nearest, porque todos sentimos que estamos trabalhando para algo muito maior do que nós. O fundo de $ 50 milhões é uma evolução natural, então não se surpreenda se um fundo de $ 250 milhões o seguir. Porque não vamos descansar. Temos uma oportunidade única de realmente diversificar toda uma indústria e, em seguida, sermos usados ​​como um farol de como as outras indústrias que se parecem com a nossa podem começar a diversificar as suas.

Eu não vejo isso como algo que é limitado apenas a espíritos. Acho que teremos um grande impacto em todos os setores da América. Portanto, não há tempo para sentar sobre os louros.

Veja esta postagem no Instagram

Uma postagem compartilhada por Uncle Nearest Premium Whiskey (@unclenearest)