Conheça os Lanáticos: documentando os superfãs mais adorados por Lana Del Rey

Conheça os Lanáticos: documentando os superfãs mais adorados por Lana Del Rey

Você está se separando e a chuva está batendo suavemente na janela do ônibus; você está assistindo o pôr do sol na praia com um baseado em uma mão e um cara gostoso na outra; você está de bruços em um edredom coberto de migalhas de pizza, a aura azul da tela do laptop a única ofensiva em seu covil de ressaca; você está se aproximando da mesa do seu pai de açúcar idoso em um restaurante lotado na capital, sobrecarregado pelas joias ao redor do seu pescoço. Essa última vinheta pode não ser tão provável, mas se Norman Fodendo Rockwell, Ultraviolence , ou Nascido para morrer , a rainha da tristeza do verão e da melancólica pop doce Lana Del Rey pode ser a trilha sonora de qualquer coisa.



Com suas letras cinematográficas, sotaque agridoce e estética americana, Lana nos deu consolo emocional, inspiração para o visual e enormes bops de hino nacional. Mas quem está jurando lealdade máxima à Star Girl? Entre no LDR stans, uma comunidade radical e expansiva de entusiastas de Lana e o assunto de The Lanatics , um curta documentário do cineasta de Los Angeles, Taylor Ghrist.

Feito por um superfã de Lana, este doc investiga a base de fãs de Lana Del Rey, revelando sua paixão e adoração eterna por sua música, carreira e arte. O diretor explica que se inspirou em É realmente tão estranho? C que ele descreve como um médico brilhante sobre os imigrantes latinos em LA que são obcecados e completamente afetados por Morrissey, e assim como Morrissey, Lana também tem uma subcultura interessante. Um verdadeiro projeto de amor, Ghrist trabalhou no documento por um ano: é um artefato dos tempos em que vivemos, diz ele.

Um superfã LDR fez com que a musicista escrevesse os títulos de seus álbuns paraa tatuagem deles



O documento segue o lançamento do sexto álbum de estúdio do músico Norman Fodendo Rockwell . Com seu cut n 'paste, estética DIY, The Lanatics nos apresenta três stans de Lana Del Rey. Eu me concentrei especificamente em jovens gays que amam Lana porque me vejo neles e queria realmente aprimorar uma base de fãs que realmente vai além, explica Ghrist. Parece uma comunidade e me emociona.

Existindo no mesmo reino da base de dados que outras mulheres que se tornaram ícones queer, de Madonna a Britney e Charli XCX, os fãs de LDR que encontramos afirmam que há uma abertura para Lana com a qual o LGBTQ + pode realmente se relacionar. Há algo sobre a vulnerabilidade dela que eu acho que os homens gays realmente se conectam, diz LDR Stan Joe.

Existem outras 'rainhas' que tocam muito no rádio, (mas) Lana é uma verdadeira artista única que sempre jogou de acordo com suas próprias regras, acrescenta Ghrist.



Mas o que diferencia as tristes super fãs do pop de nós, ouvintes locais? Para Grant, que encontramos sentado em um covil de memorabilia de Lana, é o compromisso. Eu vi Lana 17 vezes nos últimos dois ou três anos, diz ele. Fazemos um tour por seu quarto, completo com um guarda-roupa inspirado em Lana e a pièce de résistance: dois suéteres de malha usados ​​pela estrela durante uma visita a crianças doentes no hospital.

Vejo a paixão e fervor que esses fãs têm e isso me inspira, diz Ghrist, que também viu a cantora 14 vezes desde o lançamento de seu álbum seminal Nascido para morrer em 2012. Eu só queria fãs sérios para o documentário. O documentário voa entre clipes de fãs em ação - em um show na arena, um homem grita Lana - sente na minha cara ! Por que você pode perguntar? Eu só queria fazê-la sorrir ou algo assim, ele ri.

É fácil ver por que Lana tem um círculo de seguidores tão devotados, sua ânsia de parar, conversar e até mesmo beijar seus 'Lanáticos' é mostrada em momentos rápidos, mas íntimos no documento. Ela fala com os fãs como se fôssemos amigos , Ela gosta de cavalgar ou morrer com a gente, ela realmente é, eles dizem.

The Lanatics é um testemunho da base de fãs que a acompanhou desde o início, afirma Ghrist, uma homenagem aos homenageados, em reconhecimento à sua devoção leal.

Assista ao documentário The Lanatics estreando acima.