O guia essencial para sua primeira vez em um clube de fetiche

O guia essencial para sua primeira vez em um clube de fetiche

Faz todo o sentido que tenha havido um influxo de novatos em clubes de fetiche e sexo nos últimos anos. Desde uma certa franquia de livro e filme (sim, Cinquenta Tons , nós vemos você) despertou o interesse das pessoas no BDSM, a comunidade viu mais novatos em cena. Não se trata inteiramente de Cinquenta Tons , Apesar. Mulheres como Kim Kardashian e Ashley Graham estão arrasando com o látex em público, e a roupa fetichista está lentamente entrando na alta moda desde o LFW 2015. De Coco's gargantilhas inspiradas em fetiche sendo usadas por FKA Twigs, para Divamp Couture mandando modelos para a passarela da New York Fashion Week em espartilhos inspirados em dominatrix, látex e PVC estão por toda parte.

Infelizmente, embora as novas pessoas que entram em cena sejam positivas, houve alguns problemas. Mestre dominic , um dominador profissional e educador sexual, diz: Aquele livro sangrento atraiu pessoas que estavam entrando em clubes fetichistas como um zoológico. Para eles, pode ser uma coisa única para falar sobre o bebedouro na segunda-feira, mas para nós é importante . Os profissionais testemunharam alguns conflitos devido à falta de respeito ou compreensão dos recém-chegados à etiqueta do clube. Zara du Rose , uma modelo e organizadora de eventos de fetiche, diz que houve momentos em que garotas e garotos não conseguiam obter consentimento antes de se envolverem em jogos sexuais. Pela nossa experiência, o cenário sempre foi muito acolhedor e amigável, mas você tem que falar com as pessoas da maneira correta.

RESPEITE O CÓDIGO DE VESTIDO

Nos clubes fetichistas, existem códigos de vestimenta para manter todos seguros. Não deve ser pretensioso ou excludente, embora possa parecer assim para algumas pessoas, diz Mestre Dominic. É para proteger as pessoas lá dentro. Cerca de 10 anos atrás, eu estava em um clube e os seguranças idiotas deixaram entrar um monte de caras em V para máscaras de vingança e ponchos. Eles eram apenas filhos da puta e acabaram batendo em alguém. O pensamento aqui é que, se alguém nem mesmo se dá ao trabalho de montar uma roupa que atenda ao código de vestimenta, é menos provável que seja respeitoso quando entrar.

Cada clube tem um código de vestimenta diferente, então você não precisa necessariamente gastar £ 800 em uma roupa de látex apenas para entrar. Alguns são legais com você vestindo algo preto e 'sexy'. Basta dar uma olhada no site antes de aparecer.

Se você chegar a um clube sem a roupa certa, isso é uma bandeira vermelha imediata. Automaticamente, sei que preciso cuidar daquela pessoa, diz Mestre Dominic. Eles nem mesmo cruzaram a porta e já desrespeitaram as regras. O que vai acontecer quando uma senhora sexy nua estiver lá - eles vão ser respeitosos?

COMEÇAR CONVERSAS

Geralmente, se as pessoas estão nas áreas sociais - bares, áreas para fumantes, pistas de dança - não há problema em iniciar uma conversa. Fale, seja amigável, diga 'oi', diz Mestre Dominic. Zara du Rose concorda: Não presuma que eles são apenas um objeto para brincar, converse com eles como um ser humano! Não há nada de errado em se aproximar de alguém e perguntar: ‘Como está sua noite?’ E partir daí.

Também esteja ciente de que nem todo mundo está lá para conversar. Algumas pessoas dirão 'não estou interessado', diz Mestre Dominic. Para alguns [clubes fetichistas] são sociais, mas para outros é um ambiente muito sexual. Se você não é do gênero que procuram, ou se eles estão em um relacionamento dom / sub e não têm permissão para falar com você porque foram enviados por serem mal comportados, esteja preparado para coisas assim para suba.

LEIA OS SINAIS

Sim, existem sinais literais. Mestre Dominic diz que a coisa mais irritante é quando os novatos decidem ignorá-los. Quando eu morava em uma masmorra onde costumávamos ter eventos, ao longo de um ano as placas ficaram maiores e mais raivosas. Eventualmente, eu estava desenhando nas paredes com giz de cera. Porque as pessoas não os leem. É irritante.

Por pedir às pessoas que não se dediquem umas às outras no bar ou que vão a uma sala específica se quiserem fazer sexo, a administração não os coloca apenas como um pé no saco. Muitas vezes há um bom motivo para pedir às pessoas que não deixem cair problemas bem na frente do bar. Os clubes têm leis de licenciamento que devem cumprir, as pessoas não podem simplesmente estar transando em todo lugar. Esteja ciente disso.